Ceasa recebe selo nacional anticorrupção

Certificação veio após meses de avaliação, por meio de plataforma desenvolvida pelo TCU e CGU e que contou, ainda, com apresentação de documentos comprobatórios das práticas

Foto: Renata Melo.

As Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa) foi uma das empresas públicas nacionais a receber o selo do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC). O selo é o resultado de uma autoavaliação que mostra que a empresa atingiu o nível "alto" de boas práticas de sua administração em relação ao combate à corrupção. Ou seja, ao alcançar tal patamar, a Ceasa/GO tem, em suas práticas administrativas diárias, baixa suscetibilidade às ações de ilicitudes.

Dentro do governo de Ronaldo Caiado, ações como essa, que acontece paralelamente à implementação do Programa de Compliance Público, são indícios de que a gestão se preocupa com a transparência e o combate à corrupção.

O PNPC foi lançado pela Controladoria-Geral da União (CGU), em parceria com Tribunal de Contas da União (TCU), e é destinado a todos os gestores das organizações públicas das três esferas de governo e dos três poderes dos estados e federação. O objetivo principal é reduzir os níveis de fraude e corrupção no Brasil a patamares similares aos de países desenvolvidos.

A primeira etapa do PNPC consistiu na indicação de servidor de cada órgão ou empresa pública que, através de uma plataforma de autosserviço on-line, respondeu questionários sobre possíveis gargalos da empresa no tocante à corrupção. No caso da Ceasa, o indicado pela presidência foi o servidor Kléber Medrado, que, enquanto secretário executivo do comitê de Compliance Público da Ceasa, foi responsável pela apresentação de documentação que comprovasse as respostas dadas nos questionamentos.

Foram meses de avaliação, quando enfim foi preparado o diagnóstico, que colocou a Ceasa num prisma positivo em relação às políticas anticorrupção. Com isso, foi entregue pela CGU e TCU selo especial dando conta da avaliação positiva. O selo pode ser usado pela empresa nas publicações e nos documentos oficiais.

Postagens mais visitadas deste blog

ENTREVISTA: Carlos Alexandre Hoff presidente da ASPRECON

9 ideias de mini-hortas para fazer em casa

Auditório da CLDF será palco do lançamento oficial do Selo de Qualidade