Capacidade instalada eólica chegou a 6.680 MW em outubro

Em outubro, o destaque da geração de energia novamente é para geração a eólica

No mês de outubro, a fonte registrou 6.680 MW de capacidade instalada, 58% superior ao mesmo período de 2014, quando somava 4.228 MW. A previsão é que a participação da energia eólica registre expansão de 1.393 MW até o final de 2015, crescimento de cerca de 65% em comparação ao ano anterior. As informações do Boletim Mensal de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro de outubro mostram que a capacidade instalada total de geração de energia elétrica do Brasil atingiu 139.272 MW.

Em comparação com o mesmo mês em 2014, houve expansão de 2.349 MW de geração de fonte hidráulica, de 2.458 MW de fontes térmicas e de 2.452 MW de geração eólica. Nesse período, foram acrescentados 7.266 MW de energia nova, considerando todas as fontes. O boletim é elaborado pelo Ministério de Minas e Energia.

A capacidade instalada de usinas hidráulicas correspondeu a 65% do total existente no Brasil, 2,7% superior ao verificado no mês de outubro de 2014. Já as térmicas corresponderam a 30,1% na matriz, representando 6,2% de expansão nos últimos 12 meses. Entraram em operação comercial no mês de outubro 366 MW de capacidade instalada de geração, 1.159 km de linhas de transmissão e 400 MVA de transformação na Rede Básica. No ano, a expansão do sistema é de 4.424 MW de capacidade instalada de geração, 2.102 km de linhas de transmissão de Rede Básica e 9.930 MVA de transformação na Rede Básica.

Postagens mais visitadas deste blog